Com 19 anos o bailarino estreia-se no espetáculo “Akhnaten”

O jovem bailarino lousanense Eduardo Bolsa, a viver em Cannes, integra, desde setembro, a equipa artística da ópera “Akhnaten”, do compositor contemporâneo Philip Glass que, este ano, foi remontada na Ópera de Nice/Côte D’Azur.

A cargo de Lucinda Childs, coreógrafa norte-americana com 80 anos, esta produção pauta-se pela diferença na encenação e coreografia, dado que, devido aos impedimentos e perigos de viajar durante a pandemia, todo o trabalho foi realizado através de videoconferência, com uma tela de grande dimensão.

Saiba mais na edição impressa do Trevim N.º 1444

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Mariana Domingos
Carregar mais artigos em Sociedade

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja também

Comércio local dinamizado no período natalício

Em tempos de pandemia o comércio típico viu-se bastante afetado, em especial as s lojas, c…