Gestão de reclamações

O jornalismo desenvolve-se num meio suscetível ao surgimento de reclamações, nem sempre justas, mas que o Trevim terá de levar com muita atenção, quer no sentido de esclarecer quer aproveitando para melhorar a sua função jornalística.

Assim, o Trevim propõe guiar-se nesta área pelos seguintes parâmetros:

  1. Fazer e manter atualizado um registo de todas as reclamações e delas fazer uma análise e uma gestão crítica;
  2. Todas as reclamações e críticas bem como os factos que as motivaram e o eventual desenvolvimento, deverão de imediato ser comunicadas por escrito ao diretor do jornal e à Direção da Cooperativa;
  3. Todas as reclamações serão analisadas e, sempre que possível, deverá ser dada uma resposta ao interessado/a no prazo máximo de 5 dias;
  4. O Trevim reserva o direito de não publicar artigos que vão contra os valores que defende, não obedeçam às normais regras cívicas, que empreguem linguagem imprópria ou que de qualquer forma ponham em causa a imagem ou a dignidade pessoal;
  5. O Trevim pode, por manifesta falta de espaço ou de oportunidade, decidir pela não publicação de artigos que lhe cheguem da parte de pessoas ou instituições;
  6. O Trevim reger-se-á de acordo com a lei em todas as situações que tenham a ver com o direito de resposta ou outras.