A Sociedade Filarmónica Lousanense (SFL), à semelhança de tantas outras associações culturais e musicais do país, tem sofrido o impacto negativo da pandemia de Covid-19. Obrigada a adaptar as atividades e a cancelar projetos, a associação tem ensaiado e dinamizado atividades pela internet, fazendo o que pode para seguir caminho.

Leia a notícia completa na edição impressa do Trevim n.º1453

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Soraia Santos
Carregar mais artigos em Sociedade

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja também

Alunos da Escola Básica N.º 1 aprendem a programar

Ouvir Desenvolver competências de lógica, raciocínio e conhecimentos queaumentem as capaci…