Ricardo Bandeira, advogado lousanense de 33 anos, integra a equipa de missão da Câmara Municipal de Lisboa com vista à elevação a Património Cultural Imaterial Nacional da calçada portuguesa, projeto apresentado dia 19, para que a UNESCO declare esta arte como património cultural e imaterial da Humanidade.

Leia a notícia completa na edição impressa do Trevim n.º1453

José Luís Santos e Soraia Santos

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Soraia Santos
Carregar mais artigos em Sociedade

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja também

Alunos da Escola Básica N.º 1 aprendem a programar

Ouvir Desenvolver competências de lógica, raciocínio e conhecimentos queaumentem as capaci…