Um grupo lousanense de costureiras voluntárias confecionou mais de mil máscaras sociais no âmbito do projeto Dress a Girl Around The World – Portugal, que distribuiu as peças em Portugal e em alguns países carenciados. Marina Leal, Goreti Tomás e Isabel Garcia são membros desde que o grupo foi criado em junho de 2019, contudo, atualmente já são onze voluntárias a participar permanentemente, da maneira que podem. Durante o período de confinamento, devido à pandemia, não houve encontros de costura mas o trabalho continuou à distância, em casa.

Leia a notícia completa na edição impressa do Trevim N.º 1444

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Soraia Santos
Carregar mais artigos em Sociedade

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja também

União Europeia atribui 10 milhões de euros ao estudo de grandes incêndio florestais

Projeto liderado por Domingos Xavier Viegas vai desenvolver-se também na Lousã …