Homem dos sete ofícios, Manuel Campeão insiste em manter-se ocupado, agora que o gozo da reforma o convidaria a baixar os braços. Entre outras profissões, foi operário têxtil e teve duas casas de vinhos e petiscos na Lousã, sempre com graça, no largo da dita, e com muita liberdade, na rua 25 de Abril. Produz mel e derivados e trabalha diariamente na agricultura. Para se entreter, justifica. Neste outono, colheu centenas de abóboras de múltiplas variedades. Após cofiar um apêndice que é também imagem de marca, o antigo entusiasta do Jantar dos Bigodes exibe ao Trevim dois belos exemplares da natureza que totalizam mais de 100 quilos. C.S.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por admin
Carregar mais artigos em Sociedade

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja também

Atletas lousanenses com novas graduações

A Associação Distrital de Judo de Coimbra realizou nos dia 8 e 15 de outubro os exames de …