Equipa gandarinha já começou a preparar o início da época desportiva 2020/2021

Com o início da época desportiva à porta, a equipa sénior masculina do Clube Académico das Gândaras (CAG) já pôs os jogadores à prova.

Depois de uma interrupção forçada do campeonato em março, os atletas, dirigentes e treinadores reuniram-se no Complexo Desportivo das Gândaras, no dia 17, para fazer testes à sua saúde e físicos, ficando a saber se estariam ou não aptos para iniciar a época desportiva que se avizinha, onde se estreiam a competir na Divisão de Honra.

Com todas as medidas de segurança e higienização a serem cumpridas e com a utilização constante de líquidos desinfetantes, os jogadores fizeram testes de velocidade, força, eletrocardiogramas, mediram altura e peso.

Ainda que os campeonatos possam voltar a ser interrompidos devido a um novo surto do coronavírus, as autoridades de saúde garantem que acontecerá apenas se “for verificado um aumento significativo do número de casos de Covid-19”.

Segundo comunicado da Associação de Futebol de Coimbra (AFC), prevê-se que os campeonatos comecem nos dias 3 e 4 de outubro, estando “sempre condicionados pela evolução da situação epidemiológica”.

No mesmo documento a AFC refere estar a “aguardar orientações que sejam importantes para as medidas sanitárias a tomar para as instalações, treinos e para a prática da atividades desportiva, sem esquecer a possibilidade, por todos reclamada, de ter espectadores nos diversos jogos a disputar”.

AFC recebe empréstimo da Federação

A situação pandémica veio afetar as contas de todos os clubes a nível nacional. Tendo em consideração a repercussão da Covid-19 nos clubes que integram a AFC, a associação deliberou aceitar o empréstimo cedido pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

Assim, a AFC optou por isentar os clubes distritais do custo da sua filiação (15 000€) e custo da inscrição das equipas nas provas distritais (32 000€), diminuiu a tabela de seguros em 15% (40 000€), reduziu as taxas de jogo em 10% desde que liquidadas antecipadamente (25 000€) e ofereceu a todos os clubes de futebol e futsal bolas para as equipas de seniores, juniores, juvenis, iniciados, infantis, benjamins e traquinas (30 000€).

Desta forma, os clubes vão ter um apoio da AFC a rondar os 142 000€ ao longo da época.

Para a associação, “o empréstimo da FPF terá um ano de carência mas será pago em prestações mensais a partir do dia 1 de julho de 2021”.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Mariana Domingos
Carregar mais artigos em Desporto

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja também

Comércio local dinamizado no período natalício

Em tempos de pandemia o comércio típico viu-se bastante afetado, em especial as s lojas, c…