A Empresa Intermunicipal do Pinhal Interior (APIN), responsável desde janeiro pelos serviços de abastecimento água, saneamento e recolha de resíduos, decidiu afinal não cobrar a tarifa mensal de saneamento a quem não tem acesso a esse serviço, fruto do grande número de pedidos apresentados pelos consumidores. No caso do concelho da Lousã, as faturas respetivas ao mês de janeiro já serão emitidas com a nova configuração, informou Luís Antunes, presidente da Câmara da Lousã e vogal do conselho de administração da APIN, durante uma conferência de imprensa em Penela, na qual marcaram presença autarcas dos municípios envolvidos.

 

Leia a notícia na edição impressa do TREVIM N.º1426

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por 
Carregar mais artigos em Arquivo
Secção de comentários fechada.

Veja também

“Rebentos de Esperança” contra a violência doméstica

Campanha assinalou o Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra as Mulheres …