No dia 2 de outubro, o 4.º G da EB1 de Santa Rita foi a Foz de Arouce conhecer o Museu do Circo.

À espera dos alunos estava Detlef Schaft a tocar concertina. Antes de começar a visita, o artista alemão encaminhou as crianças para uma tenda amarela e azul. Era como se estivéssemos no circo e o espetáculo estava prestes a começar.

Eva Cabral e Detlef Shaft formam a Companhia Marimbondo e há muito tempo que são palhaços. Começaram por contar as origens do circo e da história da Momo, a deusa grega que fazia muitas momices (disparates).

Depois da explicação, chegou a vez de visitarmos o museu, onde os alunos começaram por ver um vídeo de uns palhaços musicais mundialmente conhecidos. A Eva Cabral e o Detlef Schaft foram os guias e deram a conhecer aos jovens visitantes cartazes, brinquedos, bilhetes, roupas, fatos e outros objetos relacionados com o mundo do circo. Até os sapatos do palhaço Companhia (o amigo do Batatinha) podem ser vistos.

A seguir, os dois palhaços da Marimbondo mostraram às crianças algumas habilidades de equilíbrio com malabares e bolas com a forma de pinguins.

Naquele museu há ainda uma sala totalmente dedicada ao palhaço Grock, que é considerado pelo Detlef o maior artista de circo de todos os tempos.

A visita àquele espaço mágico terminou e as crianças voltaram para a tenda do circo montada no recreio da antiga escola de Foz de Arouce. Ali os alunos do 4.º G fizeram um desenho sobre o circo e ajudaram a construir uma história coletiva.

Foi uma visita muito interessante, em que todos ficaram a saber mais sobre aquele que é considerado “o maior espetáculo do mundo”.

Turma do 4.ºG da EB com JI de Santa Rita

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Carlos A. Sêco
Carregar mais artigos em Arquivo
Secção de comentários fechada.

Veja também

Editorial – O Trevim em tempos de Covid-19

Ouvir Os tempos que atualmente vivemos tem sido tempos difíceis quer a nível das pessoas q…