A Associação de Desenvolvimento Social e Cultural dos Cinco Lugares (ADSCCL) está a promover, até dia 6, uma campanha de angariação de fundos destinada à aquisição de material para as residências dos beneficiários da “Rede Cuidas – cuidados interdisciplinares Domiciliários de Apoio ao Sénior”, um projeto a ser implementado no concelho da Lousã.

A Rede Cuidas foi uma das iniciativas selecionadas no instrumento “Parcerias para o Impacto”, do programa Portugal Inovação Social, e prevê uma verba total de 241.811 mil euros. É cofinanciado em 70% (cerca de 169 mil euros) pelo Fundo Social Europeu, no âmbito do Acordo de Parceria Portugal 2020, contudo, segundo referido na página do programa, os restantes 30% “têm que ser assegurados por um ou mais investidores sociais, públicos ou privados”.

Trata-se de um projeto que pretende fazer face às limitações arquitectónicas das habitações e dos serviços prestados à população idosa do concelho, num território “predominantemente rural e em que o envelhecimento e a solidão se sentem fortemente”. Na página da angariação de fundos, a ADSCCL afirma que “o sénior deverá ter o direito a decidir ficar no seu domicílio e que, para isso, deverá ser suportado e apoiado na construção de um plano adaptado ao seu envelhecimento”, garantindo “as condições de dignidade humana, saúde, bem estar e segurança, retardando ou evitando assim a sua institucionalização”.

Refere ainda que a verba conseguida será “exclusivamente” alocada à aquisição de equipamento físico para a adaptação das casas, sendo “o montante distribuído pelas necessidades prementes e identificadas nos diagnósticos iniciais juntamente com o beneficiário e o seu agregado”. A angariação de fundos, que pode ser consultada em https://ppl.pt/, inserindo as palavras chave “Rede Cuidas” na pesquisa, tinha até à data de fecho da última edição do Trevim, somado apenas 25 euros dos 1500 propostos pela associação.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por 
Carregar mais artigos em Arquivo
Secção de comentários fechada.

Veja também

Trevim online agora, sempre Trevim!

A imprensa livre e independente está em perigo. Portanto, é a própria Democracia que está …