De 15 a 26 de julho o lugar das Levegadas foi palco do campo de trabalho internacional “Fontes, Lavadouros e outros Tesouros”.

Desenvolvido pela Activar, com o apoio da Junta de Freguesia da Lousã e Vilarinho e da Câmara Municipal da Lousã e financiado pelo Instituto Português do Desporto e da Juventude (IPDJ), cerca de 20 jovens de 12 nacionalidades diferentes deslocaram-se para a Lousã a fim de integrar o projeto.

Nos 12 dias de trabalho, os jovens focaram o seu trabalho na limpeza e restauro dos fontanários, tanques e lavadouros, melhorando as suas funções e a sua aparência.

Na “festa de despedida”, realizada no dia 24 de julho, os voluntários apresentaram à comunidade o trabalho desenvolvido e partilharam experiências e momentos marcantes durante a realização das atividades.

Um dos voluntários, natural de Espanha, salientou “o orgulho no grupo de trabalho que se formou, conhecer a Lousã e a comunidade, os costumes e as tradições”.

Zoia Nikitina, voluntária proveniente da Rússia que está na Lousã desde setembro de 2018, reforçou a “excelente oportunidade de trabalhar com pessoas e culturas tão diferentes e de revitalizar o património das pequenas aldeias”.

Helena Correia, secretária do Executivo da Junta de Freguesia de Lousã e Vilarinho, agradeceu a todos os voluntários pelo trabalho desenvolvido, e em especial por darem “vida às Levegadas”, desejando ainda que os jovens “guardem a vinda à Lousã nos corações, não só pela aprendizagem mas também pela experiência”.

Leia a notícia completa na edição impressa do Trevim N.º1410

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por 
Carregar mais artigos em Arquivo
Secção de comentários fechada.

Veja também

Quatro detidos em festa ilegal com 31 pessoas no Catarredor

A detenção surgiu na sequência de uma denúncia de uma festa numa moradia, na aldeia do Cat…