A Assembleia Municipal da Lousã realizou em Serpins a sessão ordinária de abril, tendo em agenda as contas do Município e a aprovação de operações de reabilitação urbana para dez localidades e aldeias. Na reunião, que não contou com a participação de público, soube-se que finalmente existe financiamento para repor a sinalização destruída pelo incêndio de Serpins em 2017.

A Câmara Municipal da Lousã vai lançar concursos para a substituição de sinalização rodoviária, de indicação de lugares e de arranjos em vias, na freguesia de Serpins. Estas são necessidades sentidas desde o violento incêndio de 2017 naquela freguesia, em que muitos sinais ficaram danificados por ação do fogo. A empreitada resulta da aprovação de uma candidatura apresentada à Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro no início do ano passado, mas que devido a várias vicissitudes só recentemente foi comunicada a sua aceitação. A informação foi dada pelo presidente da Câmara Municipal, Luís Antunes, durante a reunião da Assembleia Municipal (AM) realizada a 23 de abril no pavilhão do Rancho Folclórico Flores de Serpins.

O presidente da Junta de Freguesia de Serpins, João Pereira, foi o anfitrião desta sessão, com início marcado para as 17:15, tendo aproveitado para defender uma publicitação diferente das reuniões descentralizadas da AM, para possibilitar a presença de mais “fregueses”. Nenhum morador se apresentou nesta sessão para assistir aos trabalhos ou aproveitar o período inicial destinado ao público.

 

Leia a notícia completa na edição impressa do Trevim N.º 1404

 

 

 

 

 

 

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Márcio Carinhas
Carregar mais artigos em Arquivo
Secção de comentários fechada.

Veja também

ADFP quer móveis trazidos por refugiados sírios

Ouvir Após os 18 meses em que esteve acolhida pela Fundação ADFP, de Miranda do Corvo, no …