No dia 27 de abril (sábado), às 15:00, decorre a cerimónia de inauguração da obra de reabilitação e acessibilização do Castelo da Lousã. Embora esteja em preparação um programa do evento a realizar pela Câmara Municipal da Lousã, este ainda não foi divulgado publicamente.

Iniciada a 10 de outubro de 2017, a empreitada de requalificação deste monumento nacional localizado junto às Ermidas da Senhora da Piedade, tinha um prazo de execução de 150 dias, que não foi cumprido, não se tendo registado ainda um “final formal”. “Este género de obras – com acompanhamento técnico especializado, como por exemplo arqueologia – por vezes dependem de parecer, informações e reuniões com diversas entidades que fazem com que os trabalho não tenham o ritmo desejável”, esclarece a Câmara Municipal da Lousã, em resposta a algumas questões enviadas pelo Trevim.

A obra, orçada em cerca de 334 mil euros, incluiu várias intervenções e instalação de equipamento diverso. De acordo com informação prestada pela edilidade, a beneficiação incluiu a instalação de um corrimão de segurança em toda a Praça de Armas, iluminação em diversos locais, construção de acesso à Torre de Menagem e criação de miradouro no cimo da torre.

Leia a notícia completa na edição impressa do Trevim n.º 1402

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Márcio Carinhas
Carregar mais artigos em Arquivo
Secção de comentários fechada.

Veja também

ADFP quer móveis trazidos por refugiados sírios

Ouvir Após os 18 meses em que esteve acolhida pela Fundação ADFP, de Miranda do Corvo, no …