“A Câmara Municipal da Lousã e a Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra estão a desenvolver um projeto que vai valorizar e permitir tornar mais evidente a importância da batalha de Foz de Arouce”, anunciou o presidente da autarquia da Lousã, Luís Antunes, durante a homenagem aos soldados falecidos na batalha de Foz de Arouce de 1811, este domingo, dia 25, numa cerimónia junto à réplica do Obelisco que

assinalou a efeméride. Sem adiantar pormenores, o autarca referiu-se a um programa multimunicipal criado com o objetivo de potenciar as invasões francesas, também do ponto de vista turístico.

“A evocação desta efeméride é, a vários títulos importante, desde logo por tudo aquilo que significou e pelo simbolismo que teve”, acrescentou. Desse significado já se tinha referido Henrique Lourenço, o presidente da Junta de Freguesia de Foz de Arouce e Casal de Ermio: “Segundo a história, este local foi alvo de um combate que opôs as tropas francesas comandadas pelo General Massena ao exército anglo-português, comandado pelo general Wellington.

Leia mais na edição impressa do Trevim n.º 1401

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Márcio Carinhas
Carregar mais artigos em Arquivo
Secção de comentários fechada.

Veja também

ADFP quer móveis trazidos por refugiados sírios

Ouvir Após os 18 meses em que esteve acolhida pela Fundação ADFP, de Miranda do Corvo, no …