O dia 16 de março de 2019 vai ficar gravado na memória de Elisabete Celene como o dia em que realizou o seu sonho: lançar um livro de sua autoria. Apresentado pela professora e vereadora da educação e cultura da Câmara Municipal da Lousã, Henriqueta Oliveira, no auditório da Biblioteca Municipal da Lousã, a obra traça, em verso, os sentimentos da lousanense sobre diversos temas do quotidiano.

“O meu sentir” fala da família, da infância, de valores como a liberdade, a esperança, o amor. Uma obra que traduz a vida de Elisabete Celene, sendo um espelho das suas próprias vivências. Muito próxima da família, a autora agradeceu ao marido e aos filhos, dedicando o livro à sua mãe. Sempre muito genuína na sua forma de ser, a maneira como é descrita na sua biografia não é de surpreender.

Leia mais na edição impressa do Trevim n.º 1401

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Márcio Carinhas
Carregar mais artigos em Arquivo
Secção de comentários fechada.

Veja também

ADFP quer móveis trazidos por refugiados sírios

Ouvir Após os 18 meses em que esteve acolhida pela Fundação ADFP, de Miranda do Corvo, no …