“Papel por Alimentos” é o nome da campanha permanente da Federação Portuguesa dos Bancos Alimentares que, desde 2011, promove a recolha de papel usado em troca de alimentos como leite, azeite, arroz, atum e feijão.

Por cada tonelada de papel recebida, a empresa “Quima”, parceira logística e responsável pela reciclagem, efetua um donativo equivalente a 100 euros em produtos alimentares básicos, posteriormente distribuídos aos mais carenciados pelos Bancos Alimentares.

A campanha, integrada num quadro mais vasto de sensibilização para a importância da reutilização de produtos, abrange a recolha de jornais, revistas, fotocópias, rascunhos, impressos (publicidade), envelopes, papel de fax, papéis timbrados, livros, cadernos, apontamentos, bulas de medicamentos, talões de supermercado e arquivos.

Leia a notícia completa na edição impressa do Trevim n.º 1399

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por 
Carregar mais artigos em Arquivo
Secção de comentários fechada.

Veja também

Quatro detidos em festa ilegal com 31 pessoas no Catarredor

A detenção surgiu na sequência de uma denúncia de uma festa numa moradia, na aldeia do Cat…