Duas famílias da Cova do Ouro e Terra da Gaga, na freguesia de Serpins, cujas casas foram destruídas pelos incêndios de 15 de outubro de 2017 viram agora a reconstrução das suas habitações concluída. As empreitadas – na ordem dos 264 mil euros – inserem-se no âmbito do Programa de Apoio à Reconstrução de Habitação Permanente (PARPH) e incluíram, para além da intervenção infraestrutural, o recheio dos equipamentos com móveis e eletrodomésticos.

Concelho da Lousã com oito candidaturas ao programa de apoio à reconstrução

Na sequência do incêndio que deixou inúmeros prejuízos materiais e ambientais no concelho da Lousã em outubro de 2017, foram submetidos oito pedidos ao programa de apoio à reconstrução, segundo um documento publicado no site da CCDR Centro.

De acordo com um outro relatório, também disponível online, além das duas habitações já concluídas, estão ainda em fase de execução no concelho outros dois equipamentos, numa obra que ronda os 119 mil euros. Fora do enquadramento do plano, destinado a pessoas singulares e agregados familiares que residiam de forma permanente em habitações danificadas ou destruídas pelos incêndios, ficaram quatro candidaturas com intervenções avaliadas em cerca de 205 mil euros.

Leia a notícia completa na edição impressa do Trevim n.º 1395

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por 
Carregar mais artigos em Arquivo
Secção de comentários fechada.

Veja também

“Palhaço velho, precisa-se” no Teatro da Cerca de São Bernardo

A comédia trágica “Palhaço velho, precisa-se” está em cena até dia 4, no Teatro da Cerca d…