O jornal Trevim comemora 51 anos de vida, um bom pretexto para a exposição que foi inaugurada no passado dia 29 de setembro, pelas 15:00, no átrio da Biblioteca Municipal Comendador Montenegro, sobre meia centena de primeiras páginas desta edição, uma por cada ano da sua existência. Numa seleção levada a cabo por Casimiro Simões e Carlos Sêco, dois antigos diretores deste jornal, fez-se uma passagem pelos momentos que marcaram a política, a economia e a sociedade lousanenses desde 1967 até à atualidade.

“Procuramos escolher uma edição por ano na opção que nos pareceu a mais equilibrada e justa possível”, referiu Casimiro Simões na apresentação feita ao público presente. Aproveitou também para refletir sobre a evolução do grafismo e da capa, bem como a memória da primeira edição a cores, em outubro de 1995.

Leia a notícia completa na edição impressa do Trevim nº 1389

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Joaquim Seco
Carregar mais artigos em Arquivo
Secção de comentários fechada.

Veja também

De Teerão a Pequim – um diário de bordo

Ouvir Sadjat, uma personificação do Irão Sadjat é um jovem de 31 anos de idade, cheio de v…