A mesa composta pelo património gastronómico da Lousã, Miranda do Corvo, Vila Nova de Poiares e Penela, consagrou-se a 16 de setembro como uma das sete vencedoras do concurso “7 Maravilhas à Mesa”, na final que decorreu em Albufeira.

A chanfana, prato central da Mesa, foi a votos acompanhada pelo queijo do Rabaçal DOP, o mel da Serra da Lousã DOP, o Licor Beirão, o vinho da Quinta de Foz de Arouce (Vinhas Velhas de Santa Maria, 2013). Na categoria de roteiros, a candidatura apresentou o Mosteiro de Santa Maria de Semide e os trilhos da natureza da Serra da Lousã. De entre os 14 candidatos a “maravilha”, foi a quarta mesa a ser anunciada como vencedora, na gala transmitida em direto pela RTP1.

“Terras da Chanfana”, apresentada pela a Associação de Desenvolvimento do Ceira e Dueça (Dueceira) afirma-se como “uma marca territorial efetiva de união e de identidade social, cultural e económica dos quatro concelhos”, lê-se em comunicado da associação. Para Luís Antunes, presidente da Câmara Municipal da Lousã e da Dueceira, “esta é uma importante forma de promoção deste destino e de valorização dos seus produtos, e iremos continuar a trabalhar, em conjunto, no sentido de rentabilizar esta distinção”.

Leia a notícia completa na edição impressa do Trevim nº 1388

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por 
Carregar mais artigos em Arquivo
Secção de comentários fechada.

Veja também

Quatro detidos em festa ilegal com 31 pessoas no Catarredor

A detenção surgiu na sequência de uma denúncia de uma festa numa moradia, na aldeia do Cat…