Dias 1 e 2 de setembro, Penela e Espinhal receberam a VI Bienal de Humor Luiz d’Oliveira Guimarães. O evento, que contou com um total de 1160 trabalhos, produzidos por 450 artistas oriundos de 78 países, foi o mais concorrido de sempre. Houve caricatura ao vivo, uma tertúlia e cartunes para todos os gostos. Entre os premiados, esteve Carlos Sêco, colaborador do Trevim, que foi distinguido com o Prémio Homenagem VI BHLOG – 2018 e cujos desenhos podem ser apreciados no auditório da Biblioteca Municipal António Arnaut, em Penela, até final deste mês.

A exposição, inaugurada no dia 1, é composta por uma retrospetiva dos cartunes que o artista lousanense produziu ao longo de 25 anos para a rubrica Humor a Sêco, no jornal Trevim. Às personagens ti David e ti Belmiro, junta-se ainda Jonas o Reguila, também ele presença regular no quinzenário lousanense.

Continua na edição impressa do Trevim nº 1387

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Carlos A. Sêco
Carregar mais artigos em Arquivo
Secção de comentários fechada.

Veja também

Editorial – O Trevim em tempos de Covid-19

Ouvir Os tempos que atualmente vivemos tem sido tempos difíceis quer a nível das pessoas q…