O corredor da W52-FC Porto, Raúl Alarcón, sagrou-se vencedor da 80.ª Volta a Portugal em Bicicleta, repetindo o feito de 2017. Foi camisola amarela a partir da “Etapa Vida”, terceira etapa da prova que atravessou a região afetada pelos incêndios de 2017, incluindo a Lousã.

O ciclista espanhol completou em 25m51s o contra-relógio individual da décima etapa, em Fafe, arrecandando o terceiro lugar. O mais rápido a pedalar os 17,3km foi Vicente García de Mateos, da Aviludo-Louletano, a registar 25m17s, somando a sua terceira vitória em etapas nesta competição, o mesmo número de tiradas ganhas por Alarcón. Na classificação geral, o vencedor da Volta terminou com 1m03se de vantagem sobre Joni Brandão, segundo classificado e melhor português da prova, e a 1m14s de García de Mateos, terceiro na competição.

“Etapa Vida” passou na Lousã

Raúl Alarcón arrecadou a camisola amarela na “Etapa Vida”, terceira etapa da competição que homenageou as populacões atingidas pelos incêndios do ano passado.

Continua na edição impressa do Trevim nº 1385

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por 
Carregar mais artigos em Arquivo
Secção de comentários fechada.

Veja também

APIN aplica redução de 25% nas tarifas fixas até abril

A Empresa Intermunicipal de Ambiente do Pinhal Interior (APIN) anunciou hoje que, entre os…