O presidente da Câmara Municipal da Lousã disse, na reunião do executivo de 7 de agosto, que recebeu queixas de utentes dos serviços alternativos do Ramal da Lousã, relativamente às condições dos autocarros que realizam o trajeto. Segundo Luís Antunes, as reclamações foram encaminhadas para a CP, para a Metro Mondego e para a Secretaria de Estado das Infraestruturas.
Na sessão pública, o autarca afirmou que alguns utentes mostraram o seu desagrado pela forma como o serviço está a ser prestado e com a falta de condições adequadas de segurança. No Facebook foram publicadas fotografias daquelas que seriam as condições dos autocarros que ali circulam. Nas fotos, podem ver-se pneus em más condições e bancos degradados, atribuídos a autocarros que prestam este serviço.

Leia esta e outras notícias na edição 1359 de 17 de agosto

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Jornal Trevim
Carregar mais artigos em Arquivo
Secção de comentários fechada.

Veja também

Lousanense aposta em jogadores da “nossa terra”

O CDL não entra em euforias, mas promete “fazer o melhor possível”. O treinador do plantel…