Vilarinho honrou o seu padroeiro São Pedro durante quatro dias, de 28 a 31 de julho

Na última segunda-feira, 31, teve lugar a habitual sardinhada, um convívio muito popular e participado, como foram todas as iniciativas dos festejos.
Rogério Martins salientou ao Trevim que houve “muita gente todas as noites”, sendo o balanço “positivo”. “As receitas revertem para o Rancho Folclórico e Etnográfico de Vilarinho, a fim de fazer face às despesas ao longo do ano e ainda para a atualização do espólio”, salientou o presidente da direção do Clube Recreativo Vilarinhense, ao qual pertence o grupo folclórico.
Os arraiais decorreram no Outeiro (na parte traseira do Clube Recreativo), local que acolheu as bandas Anarkia, Ministério, “+2DUO” e Grupo Musical Harmonia. O Grupo de Gaiteiros de Ceira de Coimbra e as concertinas “Sons de Vilarinho” estiveram também presentes nesta festividade religiosa, que integrou celebração da Eucaristia às 16:00 na Igreja Paroquial, à qual se seguiu a procissão solene.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Márcio Carinhas
Carregar mais artigos em Arquivo
Secção de comentários fechada.

Veja também

ADFP quer móveis trazidos por refugiados sírios

Ouvir Após os 18 meses em que esteve acolhida pela Fundação ADFP, de Miranda do Corvo, no …