De 8 a 11 de junho, Serpins foi o ponto de encontro de malabaristas vindos de Portugal e de mais sete países (Espanha, Bélgica, Holanda, Inglaterra, Equador, África do Sul e Nova Zelândia) que participaram no 11º Encontro Português de Malabarismo

O pavilhão da Senhora da Graça e todo o espaço envolvente, inclusive o jardim junto à praia fluvial local, serviu de palco aos diversos ateliers ministrados por convidados: Movimento (Cristina Benedita), Presença em palco (Luís Reis), Diabolo (Didac), Passing (Bernardo Malabarista), Massas (Dário Vilão), Clown (Pedro Correia), Monociclo (Los Hermanos Moreno), entre outras oficinas.

Leia estas e outras notícias na edição 1355, de 22 de junho

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Márcio Carinhas
Carregar mais artigos em Arquivo
Secção de comentários fechada.

Veja também

ADFP quer móveis trazidos por refugiados sírios

Ouvir Após os 18 meses em que esteve acolhida pela Fundação ADFP, de Miranda do Corvo, no …